Organizações debatem democratização do sistema de justiça em oficina

Oficina Cerca de trinta entidades e movimentos sociais participam do evento que terá término nesta manhã.

Fonte: Inesc

A Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político e a Articulação Justiça e Direitos Humanos (JusDH) realizaram nesta segunda-feira (3), a “Oficina sobre Política de Justiça: construindo estratégias para democratização do sistema de justiça”. Cerca de trinta entidades, entre elas o Inesc, estão participando do evento.

A oficina se insere na estratégia de pautar a necessidade da reforma do sistema político entendido como mudança dos processos decisórios, portanto dos espaços de poder. O evento tem o objetivo de debater a questão da democratização do sistema de justiça , que pode ser considerado mais amplo que apenas o poder judiciário.

A iniciativa é uma atividade preparatória, que tem o objetivo de fomentar o debate e socializar informações e conhecimentos sobre a conjuntura atual da política de justiça, com o intuito de preparar os participantes para o Seminário Nacional sobre Democratização do Sistema de Justiça, que deverá acontecer no próximo ano.

Em breve, mais informações.

Organizações participantes
Inesc
Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político
JusDH
Terra de Direitos
Intervozes
Confêrência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)
Articulação dos Povos Indígenas da Região Sul (Abrinsul)
Fórum Justiça
Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC)
Juízes para Democracia (AJD)
Fórum Nacional da Reforma Urbana (FNRU)
CONAM
Rede Nacional de Advogados e Advogadas Populares(Renap)
Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB)
Justiça Global
Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST)
Conselho Indigenista Missionário (CIMI)
Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag)
Visão Mundial
Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP)
Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (ANADEF)
Ação Educativa
ACT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*