JusDh participará de audiência pública para discutir o ingresso na magistratura

Na próxima segunda-feira (10) a Articulação Justiça e Direitos Humanos (JusDh) participará de audiência pública realizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para discutir a revisão da Resolução-CNJ n. 75/2009, que dispõe sobre os concursos públicos para ingresso na carreira da magistratura.

Sob a ótica de democratização da justiça brasileira, representará a Articulação a advogada quilombola da Comunidade Kalunga em Cavalcante (GO) e mestre em Direito Agrário pela Universidade Federal do Goiás (UFG), Vercilene Francisco Dias, que atualmente é assessora jurídica da Terra de Direitos, que íntegra a JusDh e da Coordenação Nacional de Quilombolas (Conaq).

A Audiência será um importante espaço para apontarmos outras formas de ingresso, para além do modelo absoluto da meritocracia, levando em consideração gênero, raça e maior representatividade quanto às posições jurídicas, de modo a impulsionar a pluralidade e a democratização da instituição.

Informações:

Data: 10/6/2019

Horário: das 9h às 12h; das 14h às 18h

Local: Plenário do Conselho Nacional de Justiça – Edifício Sede, localizado na SEPN 514, lote 9, Bloco D, Asa Norte, Brasília/DF – entrada pela avenida W3

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*